DOENÇA

O que é Hipogonadismo Masculino?

O Hipogonadismo Masculino é a secreção inadequada de testosterona pelos testículos, associada aos sintomas correspondentes1

O que é Hipogonadismo Masculino Tardio ou DAEM?

O Hipogonadismo Masculino Tardio ou Declínio Androgênico do Envelhecimento Masculino (DAEM), popularmente conhecido como andropausa, é uma redução gradual dos níveis da testosterona que acompanha o envelhecimento do homem2

Essa condição pode reduzir significativamente a qualidade de vida do homem, muitas vezes com comprometimento das atividades profissionais e sociais e tem resultado em perda de emprego e separação de casais3

PREVALÊNCIA do DAEM

A prevalência deste distúrbio varia de 10 a 30% dos homens já na sexta década de vida. Com o aumento da expectativa de vida, o problema tornou-se mais prevalente2

O QUE É TESTOSTERONA?

A testosterona é o principal hormônio sexual masculino, e controla o desenvolvimento e a manutenção das características masculinas. O nível normal de testosterona total circulante em homens é ≥300 ng/dl (10,4 nmol/L)4

SINTOMAS DO HIPOGONADISMO MASCULINO

Os sintomas característicos do Hipogonadismo Masculino são2:

  • Diminuição do desejo sexual, da qualidade e frequência das ereções, principalmente noturnas;
  • Alterações de humor, com fadiga, depressão e irritabilidade;
  • Distúrbios do sono;
  • Diminuição da massa magra, volume e força muscular;
  • Aumento da gordura visceral abdominal (localizada na região profunda do abdômen, conhecida como “barriga de cerveja”);
  • Alterações na pele e perda de pelos;
  • Osteopenia e osteoporose, elevando o risco de fraturas ósseas.

CAUSAS DO HIPOGONADISMO MASCULINO

Hipogonadismo Masculino pode ser primário ou secundário5:

No Hipogomadismo Primário, a anormalidade localiza-se nos testículos.

No Hipogonadismo Secundário, a produção deficiente de testosterona é resultado de um defeito na produção de gonadotrofinas, hormônios produzidos na hipófise que são responsáveis pela estimulação dos testículos para produzirem testosterona.

TRATAMENTO PARA O HIPOGONADISMO MASCULINO

Segundo o Guideline Americano de Endocrinologia, terapia de reposição de testosterona é a opção primária de tratamento para o Hipogonadismo Masculino6

POTENCIAIS BENEFÍCIOS DA TERAPIA DE REPOSIÇÃO DE TESTOSTERONA7

  • Restauração da libido e função sexual
  • Restauração da massa óssea, força muscular e composição corporal
  • Melhora do humor, da qualidade de vida e das funções cognitivas
  • Influência sobre o metabolismo de carboidratos e lipídeos

REFERÊNCIAS

  1. Brunner & Suddarth - Tratado de Enfermagem Médico-Cirúrgica - 4 Volumes. ISBN, 9788527721929. Páginas, 5693 (Total de 4 Livros). Edição, 12ª.
  2. 1 DAEM Andropause, SBU (2013). Disponível em: < http://www.sbu.org.br/publico/?doencas-urologicas&p=350 >
  3. Kumar, P.; Kumar, N.; Patidar, A.; et al. "Male Hypogonadism: Symptoms and treatment." Journal of Advanced Pharmacological Technology and Research.
  4. Chernecky CC, Berger BJ. Laboratory Tests and Diagnostic Procedures. 2nd ed. Philadelphia, PA: WB Saunders Company; 1997.
  5. Hipogonadismo procupa especialistas, 2012. Jornal Edicao do Brasil. [online] Available at: < http://www.library.nhs.uk/guidelinesFinder > [Acessado em 27 Novembro 2013]. – Leia mais em: http://www.jornaledicaodobrasil.com.br/site/hipogonadismo-preocupa-os-especialistas-brasileiros/
  6. Petak SM, Nankin HR, Spark RF, Swerdloff RS, Rodriguez-Rigau LJ; American Association of Clinical Endocrinologists. Endocr Pract. 2002 Nov-Dec;8(6):440-56. Erratum in: Endocr Pract. 2008 Sep;14(6):802-3
  7. Projeto Diretrizes. Hipogonadismo Masculino Tardio (Andropausa): Tratamento Elaboração Final: 14 de julho de 2004. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Martits AM, Costa EMF).